MiaCasa Feng Shui

Espiritualidade e o COVID-19

Role para ver mais

Espiritualidade e o COVID-19

Coronavírus: como a espiritualidade vê o momento planetário

Sob a ótica espiritual, há uma lição que deve ser aprendida por todos com a pandemia? A humanidade, em sua maioria, precisa repensar a vida, desenvolver sua consciência mais lúcida e deixar o estado evolutivo ainda tão identificado com a realidade material. Como exemplo dessa necessidade, vamos refletir sobre uma orientação espiritual que diz: “O que está ocorrendo neste momento faz parte de um processo de regeneração do planeta e reflete a grande necessidade de mudança no estilo da vida humana. O planeta está trabalhando na limpeza que há tanto tempo as profecias falam, não apenas em si, mas nas diversas camadas existenciais ainda tão pouco conhecidas devido à arbitrariedade da maioria em exigir e fixar-se na ilusão de que a vida seja tão somente material”.

As mensagens do lado de lá falam sobre o tempo que essa pandemia vai durar? A pandemia vai exigir muito de toda a humanidade por algum tempo e sua evolução vai depender da forma como as pessoas vão reagir a ela, podendo, a partir daí, criar uma perspectiva de vida diferente para a maioria. Vamos refletir sobre a mensagem da espiritualidade dentro desse contexto: “A dor é capaz de despertar níveis de amor elevados na humanidade”. Verificamos que isso ocorre, principalmente, quando se trata dos outros e de pessoas próximas de nós. Quando observamos um sofrimento de âmbito planetário como esse, isso se acentua. A espiritualidade diz que “muitas almas tiveram e terão seu desencarne durante a pandemia e isso estava de alguma forma previsto pela maneira como muitos vivem e, assim, criam em seus planos evolutivos essa necessidade”. Para a espiritualidade, “o vírus é uma manifestação real e indicadora do que precisamos mudar”. À medida que vocês sentem medo e acreditam que é o apocalipse chegando, a ação do vírus se fortalece. Quanto mais egoístas e mais apegados aos bens materiais, mais ele se fortalece. Saibam que a grande diferença dele para outros tipos de doença é a velocidade em que ele consegue se alastrar, mas a cura, o controle, a fraternidade e a ressignificação são possíveis.

Esse processo faz parte da regeneração da humanidade já anunciada pela espiritualidade? Voltemos aos aspectos da indicação dos orientadores: “Para essa nova era de regeneração planetária, o sofrimento foi a única alternativa viável. O vírus convida para uma nova perspectiva de vida, para um alinhamento entre o que a alma pede, o que o planeta suplica e o todo manifesta. São tempos de dor, mas também de resistência, de luz e de profundas e urgentes mudanças”. Estamos num período de encontro conosco e de autoconhecimento e podemos despertar uma consciência mais íntima de nós e da vida.

Que atitudes devem ser incorporadas neste momento? Precisamos nos integrar mais uns com os outros e não sustentar separatividade. A mensagem da espiritualidade nos esclarece: “Nesse momento há um exército de trabalhadores da luz auxiliando em cada canto de nosso planeta, mas cabe a cada um de nós alimentar o lado que queremos que cresça e que seja útil à vida presente e futura neste orbe”. Todos os acontecimentos, sejam do passado ou os atuais, estão dentro de uma ordem divina e perfeita, apesar de não a compreendermos. E como agentes vivos da criação a retratar o Criador por meio de nossas energias, pela forma como pensamos e como manifestamos nossos sentimentos, essas forças influenciadoras da vida vão afetar de forma decisiva e definir as características de nossas existências. A pandemia será superada, mas sua intensidade, extensão e duração de dor, serão fruto do desejo, da decisão e das atitudes individuais perante ela.

Conselhos da espiritualidade

  • Tomem banho de sol, todos os dias pela manhã, por pelo menos 15 minutos;
  • Bebam bastante água, ela é o solvente universal fundamental para a manutenção do corpo;
  • Vibrem amor para as células;
  • Incorporem atitudes que sustentem a saúde: alegria, paz, trabalho, música, dança, ginástica, perdão, esperança, fé, limpeza, amor, beleza e harmonia.

Por Ana Elizabeth Diniz – Entrevista com Samuel Gomes, espírita, psicólogo humanista transpessoal  – Especial para O TEMPO.

Compartilhe

Veja Também

Pandemia: Para onde estamos indo?

A Bruxa da Nova Era

Os ciclos da Vida

Detox com o Feng Shui

Quer encontrar uma matriz de soluções para sua Vida?

Conheça as poderosas ferramentas do Feng Shui.

Ops! Preencha os campos corretamente e tente novamente.