MiaCasa Feng Shui

Feng Shui nos Túmulos (Yin Zhai)

Role para ver mais

Feng Shui nos Túmulos (Yin Zhai)

O Feng Shui surgiu na China há mais de 5.000 e a aplicação inicial eram nos túmulos (Yin Zhai) porque acreditam os chineses que a posição do túmulo influenciaria seus descendentes.

Depois passaram para os palácios dos imperadores (Yang Zhai) para identificação de posicionamento mais adequado e só muito depois para o povo. Os estudos de Feng Shui desenvolveram-se a partir de técnicas ancestrais e foram difundidos através de tradições familiares, sendo passados também de mestre para discípulo diretamente.

Os Mestres de Feng Shui tinham uma preocupação especial em aplicar esta arte aos cemitérios/túmulos/sepulturas dos seus antepassados; existia nesta altura uma forte crença que o destino dos vivos era em larga medida uma consequência da qualidade do Feng Shui dos túmulos dos seus antepassados.

Especula-se que a ascensão dos 2 líderes do país Mao Zedong e Deng Xiaoping ficaram a dever a sua ascensão ao poder de orientação especial das sepulturas dos seus antepassados. Só mais tarde passou a ser aplicado a habitações dos “Vivos” primeiro nos palácios, templos e só mais tarde em residências comuns.

A posição ideal para os túmulos é a frente livre (Fênix), atrás uma proteção (Tartaruga) a direita uma elevação mais alta (Dragão) e a esquerda uma elevação menor (Tigre).

Túmulo Changling: o primeiro dos túmulos Ming, localiza-se no sopé da montanha central de Tian Shou. Changling é o túmulo do Imperador Yongle (que reinou durante vinte e dois anos), o 3º Imperador da Dinastia Ming, cujo nome era Zhu Di.

@MiaCasaFengShui

Túmulo Changing

 

Fontes de Pesquisa: ICM.gov.com

Compartilhe

Veja Também

5 Dicas Poderosas de Feng Shui

Período de Transição que estamos atravessando

A verdadeira Cura

Mulheres Curadoras

Alguma dúvida?

Tem alguma dúvida sobre Feng Shui? Envie para nossa equipe!