MiaCasa Feng Shui

Ano Novo Astrológico começa em 20 de Março

Role para ver mais

Ano Novo Astrológico começa em 20 de Março

Na Astrologia, o ano novo não começa tradicionalmente no dia 1º de janeiro. Segundo a astróloga Vanessa Tuleski, a data é comemorada quando o Sol ingressa no signo de Áries, o que em 2016 vai acontecer no dia 20 de março, às 1h30, dando início ao chamado “Ano Novo Astrológico”. A partir deste momento, pode ser gerado um Mapa Astral para a capital de cada país, no qual são interpretadas previsões coletivas, que vão valer no período de um ano, que incluem tanto as questões da nação quanto o dia a dia do povo. Então, cada lugar vive o impacto do ano novo astrológico de uma forma diferente, muito embora também possam existir muitos temas em comum.

“Em retrospecto, pode-se observar melhor como este Mapa funciona. Por exemplo, em 2015, Plutão estava conjunto ao Fundo-do-Céu do Mapa do ingresso solar calculado para Brasília. Este ponto está relacionado a bases, raízes, e foi um ano de muito questionamento para o governo. Este Mapa teve também muita ênfase na Casa 6, incluindo o próprio Sol, então foi um ano em que todo mundo trabalhou muito. O foco estava no trabalho, com inovações e criatividade neste setor. Questões afetivas também foram bem importantes e geraram mais mobilização, devido ao Ascendente em Libra e ao regente deste signo ocupando Casa de destaque”, analisa a astróloga.

Para 2016, Vanessa explica que o Brasil terá um Mapa Astral impactante, com Plutão no Ascendente. Segundo ela, isto tanto pode simbolizar crises, como a que já está sendo vivida, como também um ano com motivação e/ou necessidade de transformação, seja pra os rumos do país e para cada brasileiro. “Mais gente se verá com necessidade de transformar (Plutão) o rumo de vida e/ou questões profissionais (Ascendente em Capricórnio). O inquieto Urano também ocupa a Casa 4, o que tanto pode significar reformas em casa, mudanças de residência ou algum tipo de mudança no lar ou nas relações familiares. Exemplo: um cônjuge que tem de ficar na ponte aérea para aproveitar uma oportunidade de trabalho e com isto fica alguns dias fora. Mas rupturas também poderão acontecer e será preciso tomar mais cuidado com radicalismo. Plutão na linha do Ascendente requer inteligência e estratégia; quem não tiver poderá se envolver em confusão”, alerta Vanessa.

Já nas finanças, a astróloga explica que com Vênus aspectando Netuno e Marte, será preciso tomar mais cuidado com gastos descabidos e má gestão financeira, mas o dinheiro também será mais usado para relaxar, como teatro, música, etc., por exemplo.

“A Lua na Casa 8 pode indicar um ano com maior ocorrência de perdas familiares para mais pessoas ou, ainda, um envolvimento com assuntos como heranças, impostos, renda em comum, que são temas da mesma Casa. As amizades serão importantes, com Marte e Saturno na Casa 11, mas existirá a expectativa que os amigos sejam mais proativos e façam mais por onde. O ano também poderá ser muito produtivo para trabalhos feitos em grupo e/ou com amigos, como congressos e empreendimentos coletivos”, sugere Vanessa Tuleski.

A astróloga ainda ressalta que com Júpiter na Casa 9, mais gente estará pensando em expandir, seja para iniciar alguma nova especialização ou até planejar algo no exterior. “Assim, com ou sem crise, as pessoas vão compreender que não adianta ficar parado, esperando cair do céu. Júpiter em Virgem neste Mapa fala em progresso via trabalho e esforço, o que, somado a um Ascendente em Capricórnio, outro signo do elemento Terra, reafirma a necessidade de colocar os pés no chão.

Sonhar ficará melhor para quando for curtir arte, cinema e música, aproveitando os muitos planetas no signo de Peixes (Vênus, Netuno e Mercúrio). Como não é ano para queixas e “mimimi” (o que só poderá agravar situações que já estejam difíceis), e sim para ser prático (Ascendente em Capricórnio), quem não está bem ou vem se sentindo perdido deve buscar terapia o quanto antes, podendo tirar grande proveito e até gerar mudanças internas, com a Lua em trígono com Urano em casas do mundo interior”, aconselha a especialista.

Por último, Vanessa Tuleski chama atenção para um dos destaques deste Mapa, que é a Casa 3 ocupada por Mercúrio e pelo Sol. Esta é a Casa da comunicação! “Temos um ano excelente para comunicar mais, aparecer, aprender, ensinar, fazer networking, sermos mais expressivos e criativos em tudo o que se refere a este quesito! Maior desejo de circular, conversar e trocar, com chance até de um aumento de viagens e deslocamentos. Sol e Júpiter ocupando as Casas 3 e 9 falam em um período para ensinar, aprender e propagar. Por isto, nada de ficar abatido por causa da crise e esqueça a timidez”, finaliza a astróloga.

Texto da Astróloga Vanessa Tuleski – Texto Equipe Personare.

Compartilhe

Veja Também

5 Dicas Poderosas de Feng Shui

Período de Transição que estamos atravessando

A verdadeira Cura

Mulheres Curadoras

Alguma dúvida?

Tem alguma dúvida sobre Feng Shui? Envie para nossa equipe!